Artigos
&
 
Colunas

Gisela Gold

Pequenos notáveis

Velho pedaço de cortiça espalhado pelo chão. Alguém lhe arrancou das velhas fotos, amores que vão, já em vão, já vão tarde. O vento o arrastou, tirou-lhe propriedade. De cara amassada, passou pela casca de banana, guimba de cigarro, lata de cerveja, ninguém quis papo.

Coração com floresTinha centímetros suficientes para ser notada. Velho pedaço de gente espalhado pelo chão, após umas e outras, a fez voar dali ao cambalear na lata de lixo. Encontro comum em qualquer calçada deu à cortiça destino incomum. O velho pedaço de gente ao acordar continuou com aquele gosto amargo na boca, tão seca feito coração que esmola, antes mesmo de pedir a sua caninha ou o trocado do dia, fez de seu tempo o encontro. Tão abandonados velho pedaço de cortiça foi acarinhado por aquele pedaço de gente. Após passar-lhe flanela, a mesma que passava nos carros nas noites de frio em que as luzes brilhavam para os mais afortunados, o velho de barbas, de posse de seu canivete, retalhou o velho pedaço . Fez dele flor. O velho pedaço de gente chorou. E só depois sorriu. Sorriu de novo. De novo não de novamente, que nunca sorria. Sorriu, de novo que se sentia. Algo já não era como antes. Como já não era velho o pedaço de cortiça. Naquele exato momento, ali não havia pedaços. Tinha alma

artigos anteriores de Gisela Gold

Publicado em – Edição 117
Para sempre
Publicado em – Edição 116
Tamanho
Publicado em – Edição 115
Boa de ouvido
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 5.0/5 (1 vote cast)
Pequenos notáveis, 5.0 out of 5 based on 1 rating

Um Comentário para “Pequenos notáveis”

  1. My Soares disse:

    ola Gisela Gold, admiro muito o trabalho de todos voces, e digno de ser elogiado… trabalho de excelencia !!!
    Porem, não poderia passar desapercebido que a indicação para manchete da folha carioca; “Arte e Cultura”, de cor amarela, ficou muito apagado dificultando a visão dos menos favorecidos em relação a visão. Eu da minha parte sugiro que coloque uma cor mais quente (visivel).
    Agradeço a oportunidade e desculpe-me o incomodo !!!
    A todos um forte e carinhoso abraço !!!
    Subscevo: My Soares.

Deixe um comentário