Artigos
&
 
Colunas

André Leite - GASTRONOMIA

Cheios de charme

Já há muitos anos, quando pensava em montar um restaurante para mim, sempre imaginava um detalhe em particular: a cerâmica hidráulica. São aqueles blocos coloridos que formavam mosaicos lindos no chão dos estabelecimentos comerciais mais antigos. Com o tempo, eles ficavam um pouco gastos e desbotados, montando um visual carregado de personalidade.

Todo esse charme está de volta, a moda é assim mesmo! A marca dessa época está nos novos projetos, pois a forte tendência “Retrô” valoriza muitos elementos do passado na moderna decoração. Mas o visual realisticamente centenário de alguns restaurantes, que é de tirar o fôlego, tem um apelo todo especial.

O que hoje é conhecido como o bairro do Centro do Rio de Janeiro foi o ponto de partida para a criação dessa linda cidade. A cultura carioca se desenvolveu aí de uma forma totalmente ligada à questão de ser a capital. Como tal, absorveu muito da cultura europeia da época. Tanto na vestimenta, como nos hábitos em geral, mas muito na arquitetura. Numa rápida volta por essa região, podem ser vistos alguns locais muito interessantes, onde é possível comer e viajar no tempo simultaneamente.

Um bom exemplo disso é a Casa Cavé, com sua decoração única e absolutamente intrigante, que desde 1860 vem sendo frequentada pelos cariocas mais ilustres, dos meios políticos e culturais. O fato de ser a confeitaria mais antiga do Rio de Janeiro tem o seu charme. No balcão, a variedade de doces ajuda a compor o clima. A nota portuguesa é forte na sua cozinha, e o destaque está nos doces tradicionais.

Ali bem pertinho, na Confeitaria Colombo, também há a mesma sensação de que iremos encontrar algum escritor ou político famoso de um passado já remoto. Inaugurada anos depois, em 1890, a Colombo soube achar o seu espaço. Seu lindíssimo salão fez, e faz, justiça à comida que é servida ali. Apesar de não se restringir aos confeitos e trabalhar também como restaurante e buffet, os doces são um capítulo à parte: variedade e o cuidado na confecção são os segredos.

O Bar Luiz, fundado em 1887, já teve diversos nomes, endereços e donos, mas manteve a qualidade no atendimento. A cozinha possui uma forte nota alemã, e a salada de batatas dá todo um sentido a sua fama.

E sem esquecer o bar Paladino, um pouco mais afastado dos outros, mas ainda com o mesmo astral. Datado de 1906, na verdade é um armazém, especializado em bebidas, que possui um tradicionalíssimo bar/restaurante anexo. Os sanduíches são um diferencial.

Esse quarteto consegue representar muito bem a gastronomia carioca, a alma verdadeira, de raiz. E uma coisa é certa: em se tratando de serviço de alimentação, antiguidade é posto! Manter um estabelecimento aberto fornecendo comida e bebida por mais de um século não é uma tarefa para iniciantes!

Espero que os novos empreendimentos do ramo, com os seus projetos arquitetônicos geniais, consigam chegar perto do que esses monumentos à boa administração fizeram. E que não fiquem apenas nas maravilhosas cerâmicas.

Serviço

Bar Luiz
Rua da Carioca, 39
Centro, Rio de Janeiro (RJ)
Tel.: 2262-6900

Bar Paladino
Rua Uruguaiana, 224
Centro, Rio de Janeiro (RJ)
Tel.: 2263-2094

Casa Cavé
Rua Uruguaiana, 11 /  Rua Sete de
Setembro, 137
Centro, Rio de Janeiro (RJ)
Tel.: 2222-2358

Confeitaria Colombo
Rua Gonçalves Dias, 32
Centro, Rio de Janeiro (RJ)
Tel.: 2505-1500

artigos anteriores de André Leite

Publicado em – Edição 106
Cozinha criativa
Publicado em – Edição 105
Vinhos: bem-vindos no verão
Publicado em – Edição 104
Cheios de charme
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)

Deixe um comentário