Saúde
&
 
Bem-estar

Verão, essa magia colorida

Samantha Quintans*

Biquíni de lacinho, biquíni de rendinha, biquíni para disfarçar barriguinha, biquíni para esconder o barrigão, sem esquecer o clássico biquíni cavadão. Vem chegando o verão e como diz a música, “todas de bundinha de fora”! Você já escolheu o seu biquíni para brilhar nas praias, mares, golfos, penínsulas e oceanos? Tem biquíni para desfilar na orla, correr no calçadão, surfar. Tem até biquíni de paetês para brindar a bordo de um Iate. Tem quem use maiô, como eu. Tem gente que faz topless, tem gente que foge do sol, tem gente que toma banho de luar…

Mas todo tipo de gente vive o calor do verão no corpo, na pele e na alma. Um kit verão bem organizado e planejado pode salvar sua pele de um verdadeiro incêndio e o seu bolso de um buraco de ozônio! Filtro solar é sagrado, é para ser usado como a segunda camada da pele, deixe todo o impacto do sol por conta dele. Cabelos também precisam de proteção solar, pente e um bom chapéu de abas largas! Bom conselho: frutas cítricas saboreadas à beira-mar provocam manchas escuras na pele. Se não der para resistir, fique atento ao resíduo. E por falar em resíduo, não se esqueça de abastecer seu kit com recipientes adequados para transportar o seu lixo, salvando a pele, o planeta e educando novas gerações.

E a moda no verão? Ousada, criativa, sexy, romântica ou atrevida, é um figurino à parte. Desfila em cores exuberantes, estampas de paisagens possíveis de se encontrar na esquina, um luxo! Visitar o Rio de Janeiro no verão, frequentar seus botecos, passear à noite na praia, existir sob a bênção do Cristo Redentor, é conteúdo rico para roteiro de filme. Se por um acaso sua vida não virar um best-seller, deixe gravadas essas impressões em um diário de verão. Escreva poemas, guarde guardanapos rabiscados, rolhas de vinho talhadas em corações, bolachas usadas e encharcadas do chope que escorreu em uma noite especial… São os detalhes que criam o tesouro de uma vida. Quando o mundo girar e for inverno por aqui, será bom recordar os verões impregnados na alma. Que tal resgatar aquele vestido esvoaçante que só “funciona” com a pele bronzeada? Saborear o sorvete preferido, pintar as unhas dos pés de vermelho e usar um par de havaianas brancas novinhas em folha? Algumas coisas só acontecem enquanto é verão, fique atento, o mar não tem cabelos e todos os raios UV que vêm junto com a luz do sol podem machucar sua pele de verdade.

Escolher a trilha sonora é fator fundamental para a alegria do verão. Quem gosta de MBP vai reconhecer, nestas linhas, versos musicados por alguns de nossos maravilhosos e infindáveis intérpretes. Fiz uso deles com todo respeito e admiração, prestando aqui minha homenagem a verões passados.

Quando acabar de ler esse texto, abra os armários, gavetas de banheiro, vasculhe prateleiras; você vai encontrar alguns desses preciosos produtos do nosso kit por lá, mas, como se diz em carioquês, “se liga” na validade. Bom verão, e se você quiser saber pra onde eu vou, pra onde tiver sol, é pra lá que eu vou viver tudo novo de novo.

*Samantha Quintans é personal organizer
samanthaquintans@folhacarioca.com.br

MATÉRIAS ANTERIORES DE Saúde & Bem-estar

Publicado em – Edição 117
O cuidado de si como prática de vida
Publicado em – Edição 117
Vamos acabar com o mito
Publicado em – Edição 117
Mulheres equilibristas
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)

Deixe um comentário