Saúde
&
 
Bem-estar

Surfe sobre rodas

Surf Bus Beach Tour percorre toda a orla carioca levando amantes das ondas até a Reserva, Macumba e Prainha

TEXTO_JULIANA ALVES
FOTOS_ARTHUR MOURA

Leme, Copacabana, Ipanema, Leblon, todas estas praias fazem parte da lista de destinos mais procurados pelos que estão no Rio de Janeiro. Além da beleza, a proximidade dos centros hoteleiros e o fácil acesso justificam a popularidade. E quando a vontade for dar “aquela esticada” até uma praia mais distante? Para isso, apresentamos aqui (para quem ainda não conhece) o Surf Bus Beach Tour, um veículo versátil com itinerário especial: do Largo do Machado até o Mirante da Prainha por toda a orla carioca.

Desde 2002, Antônio Carlos Guanabara, empresário e idealizador do projeto, mantém o Surf Bus como uma alternativa prática e segura para milhares de pessoas desfrutarem as águas das praias da capital. Amante da natureza e praticante de surf e voo livre, Guanabara desenvolveu a ideia de acordo com a necessidade da própria cidade. “Percebi que nem no Rio, nem em qualquer outro lugar do mundo tinha algo parecido para atender moradores, turistas e amantes dos esportes do mar. Florianópolis e Salvador são exemplos de locais que também têm potencial para receber o projeto. Quero trabalhar com empresários e as Secretarias de Esporte e Lazer, Educação, Meio Ambiente e Turismo desses lugares para expandir o Surf Bus”.

Serviço diferenciado

Rafael Henrique Schoch Vianna, trilíngue, pós-graduado em marketing e relações públicas do coletivo, está no projeto desde a sua fundação. Ainda que esteja um pouco longe da prática do surf devido à sua atribulada rotina, ele adora estar sempre próximo ao mar e interagir com os passageiros. “As pessoas telefonam a fim de marcar pontos de encontro ao longo da orla e também para saber as condições das ondas. Uma das nossas câmeras de segurança capta imagens das praias e estamos com um projeto para transmitir ao vivo, pela internet, o nosso percurso. Isso vai possibilitar consultas em tempo real”, empolga-se o RP.

E é isso mesmo: por telefone, é possível marcar o ponto de embarque e desembarque; praticamente um táxi! Atualmente, o ônibus possui 36 lugares, televisão com sinal digital, caixas de som, frigobar com bebidas light para consumo e duas câmeras de segurança. Os equipamentos dos usuários também viajam confortavelmente em meio às adaptações almofadadas e tensores longos capazes de comportar 60 pranchas de surf, além das de body board, longboard, equipamentos para a prática de kitesurf e stand up surf.

Motivação vem dos bons resultados

A Oi Celular patrocinou o projeto por sete anos e, desde 2011, a Petrobrás é quem está com o Surf Bus. A adesivagem é recente e a identidade visual é anualmente alterada a fim de causar um impacto diferente sempre. Em 2007, o empresário concretizou parcerias com o Centro de Educação Ambiental Marapendi (CEA Marapendi) e as Secretarias do Meio Ambiente e da Educação que resultaram no projeto Surf Bus Ambiental. Todas as segundas-feiras, estudantes de colégios públicos e particulares viajam no ônibus com biólogos ministrando palestras que mostram os problemas ambientais da orla e as possíveis soluções para preservar a natureza.

Alguns profissionais premiados do surf também passaram pela história do coletivo. “É muito bom poder ajudar atletas com poucos recursos. O surfista Simão Romão, por exemplo, começou a utilizar o ônibus desde garoto para treinar em ondas diferenciadas. Ele é um dos que merecem destaque por se tornar um atleta brasileiro campeão nacional e internacional da categoria contando com o nosso apoio. Queremos expandir o projeto para a Zona Norte devido ao grande número de solicitações: são quase três mil pranchas guardadas no Recreio”, afirma o empresário. Boas ideias devem ser multiplicadas. Confira.

Serviço

Tel.: 9799-5039/ 3546-1860
Tarifa: R$ 5,00
– Horários de saída –
(Largo do Machado):
07h, 10h, 13h, 16h.
(Mirante da Prainha)
08h30, 11h30, 14h30, 17h30

MATÉRIAS ANTERIORES DE Saúde & Bem-estar

Publicado em – Edição 117
O cuidado de si como prática de vida
Publicado em – Edição 117
Vamos acabar com o mito
Publicado em – Edição 117
Mulheres equilibristas
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)

Deixe um comentário