Artigos
&
 
Colunas

Suzan hanson

Mundo inteiro

Recentemente fui convidada por minha grande amiga e comadre Carla, em uma espécie de carinhoso desafio, a preparar uma festa, como nos velhos tempos, quando tive um buffet, no final dos anos 90.

Conversamos um bocado sobre o conceito, pois não me atreveria a entrar na cozinha profissionalmente se não tivesse algo a dizer, considerando esse mar de talentos técnicos e inovadores presentes no atual mercado gastronômico.

ilustração-Suzan-HansonRenovação da comida regional brasileira, comida de diversos países do mundo, petiscos visualmente muito elaborados, experiências dos espanhóis na culinária química, diversos conceitos de comida orgânica, vegan, enfim, mil fontes de inspiração, ou… de cópia. Pediram-me para frequentar buffets, ver o que estava na moda, colher ideias e opiniões.

Paramos, eu e Carla, para pensar no que de autêntico podíamos oferecer. O conceito tomou forma quando conversávamos sobre uma matéria, escrita pelo Marcelo Adnet, que falava de sua descoberta de uma língua falada em Aruba, Bonaire e Curação. Papiamento é a única língua que nasceu no Caribe, uma mistura de português, espanhol, inglês, holandês, indígena e africano – praticamente um esperanto! Além de multicultural é a coisa mais singela e ingênua que já vi… Vejam algumas frases retiradas do texto do Adnet:

Bon dia, kon to ta bai? Só pelo som: bom dia, como vc vai…

Ainda tin un monton di hende bunita aki;

Bel mi bek (me liga de volta!);

Mi ke bebe awa (como uma criança pedindo pra beber água!).

Comentamos que era isso que gostaríamos como resultado de uma experiência culinária, que ela fosse multicultural e de raiz. Simples e ao mesmo tempo renovadora. Poderia ser até uma divertida e acolhedora perspectiva da globalização: igual respeito e dimensão para os diversos países. O mundo hoje é multicultural, mas carece de um cimento que una tudo. No interessante bairro londrino, onde ocorreram as últimas Olimpíadas, viu-se um caldeirão de povos, fervilhando da cultura de imigrantes e seus descendentes. Mas, ainda falta a liga.

E porque essa ideia nos capturou, mostrou-se autêntica? Porque há anos festejamos, em nosso pequeno grupo de amigos e famílias, cozinhar, beber vinhos, ouvir músicas, ler e ver filmes do mundo inteiro.

Assim nasceu o “Descobridores – Vinhos & Sabores dos 4 Cantos”, com o primeiro cardápio fazendo uma rota que começa no Egito, com um singelo prato de pão árabe grelhado, molhado em azeite para agregar uma mistura de especiarias e castanhas torradas, passa pela Eritréia, com camarões grelhados sobre molho picante de tomates, se estende pela Europa com representações da Escandinávia, e seu gravlax, um marinado de salmão fresco e aneto, e um pouco do conforto do clássico suflê de bacalhau português e da tradicional versão da bruschetta italiana, adicionada de um pouco mais de novidades da Jamaica, com seu frango defumado em molho apimentado jerk e a polenta com pernil de cordeiro desfiado inspirada no Uruguai. Finalizando, duas receitas com olhos voltados para a Ásia: um macarrão de arroz com molho refrescante de ervas, gengibre, limão e leite de coco e um queijo rústico coberto com sementes, criado a partir de ingredientes citados na Bíblia.

Tudo isso harmonizado com vinhos de diversas procedências como África do Sul, Austrália, Patagônia, Portugal, Espanha, Chile e Argentina. De espumantes, a roses, brancos e tintos.

De tudo um pouco, sem hierarquia.

artigos anteriores de Suzan hanson

Publicado em – Edição 107
Mundo inteiro
Publicado em – Edição 105
Gelados no verão carioca
Publicado em – Edição 104
Comidas de (quase) uma panela só
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 4.0/5 (1 vote cast)
Mundo inteiro, 4.0 out of 5 based on 1 rating

2 Comentários para “Mundo inteiro”

  1. Suzan disse:

    Para conhecer um pouco mais do Buffet Descobridores, Vinhos e Sabores dos 4 Cantos, acessem no facebook a página: http://www.facebook.com/Descobridores.VinhoseSabores.dos4Cantos

    Para consultas e orçamentos,por favor entrem em contato através dos celulares 9875-1090 e 8887-8026 ou através do e-mail descobridores.buffet@gmail.com.

    Deixe-nos sua opinião!

  2. Antonio Paulo disse:

    Legal!

Deixe um comentário