Artigos
&
 
Colunas

Sandra Jabur Wegner

Natação desde pequeno

O universo é composto de ¾ de água, o nosso corpo é constituído de 75% de água, passamos noves meses envoltos no líquido amniótico dentro da placenta materna.

É muita coincidência !!!

O bebê quando não sofre traumatismo ao nascer, ou durante o banho, ou alguma intercorrência, ele adora água, brincar com a água é um prazer muito grande.

A atividade do bebê com a mãe, que seria o primeiro contato com o esporte, é muito importante em diverso aspectos. Como afetividade, segurança, através da mãe e socialização, integração com os outros bebes.

São oferecidas atividades com músicas, relacionadas aos movimentos do corpo com muita alegria, com brinquedos coloridos, motivando e proporcionando prazer às crianças o tempo todo da aula. As atividades na água são baseadas no desenvolvimento psicomotor da criança e não provocam nenhum tipo de lesão.

Aos dois anos a criança vai para a turma, deixa a mamãe e começa um novo estágio – a independência. Aumenta a convivência com as demais crianças. A mamãe passa a assistir de longe. O professor,”o tio“ assume o papel principal.

São propostas atividades com dificuldade progressiva, que a criança deve vencer, criar estratégias para resolução das mesmas. As tarefas propostas são desafios proporcionais a faixa etária da criança não podem ser muito difíceis para não criar frustrações e nem muito fáceis para desmotivá-las.

Todo o trabalho relacionado à natação infantil é pautado em estudos do desenvolvimento psicomotor da criança. Além disto, os objetivos da natação infantil são ensinar à criança seus limites, o perigo existente com a água e adaptá-la ao meio liquido, que ela aprenda a respiração, colocando o rosto dentro d’água e fazendo bolinhas e a boiar que fazem parte do salvamento.

Outro aspecto importante é o aumento da resistência orgânica da criança, ela fica mais resistente evitando doenças. Outro beneficio é criar o gosto pela atividade esportiva, ela cresce gostando da atividade física. Esse é o nosso lema: motivação, prazer, saúde para vida.

4861Os próprios atletas afirmam que o atleta de natação ele tem mais facilidade para praticar outros esportes. A coordenação motora adquirida com o nado no inicio da vida é fundamental para o desenvolvimento motor. A criança fica preparada para futuras atividades esportivas. Ela aprende a vencer o medo, a conhecer seus limites, a dividir o espaço e os brinquedos com as outras crianças, a ter disciplina e deslocar-se na água, criando consciência espaço –temporal.

O aspecto mais importante que as atividades sejam lúdicas que as técnicas sejam introduzidas através do descobrir, vivenciar, manusear com prazer e não sejam mecanicistas, produtoras de atletas em miniaturas.

Queremos contribuir no desenvolvimento de crianças felizes, confiantes, motivadas para aprendizagem, companheiras, espertas, que os ensinamentos aprendidos na água sejam levados para a vida.

Na água, a criança não se machuca, não tem lesões, participa de atividades com obstáculos, ousa mais por não ter medo de cair. Este ambiente rico em cores, estímulos, brinquedos contribuem para seu equilíbrio físico, mental e emocional. Ela estará preparada para outras atividades no tempo certo.

Deixe a criança ser criança!!!

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)

Deixe um comentário