Educação
&
 
Conhecimento

Tamas

Instante Fugaz

Ontem matei mais um.
Não ver, não ouvir, não tocar.
Por isso eu mato
pessoas que continuam vivas.
Algumas “coisas”
não me interessam.
Entre vivos e sem “mortos”
vou levando a minha vida.
Que é curta.

Pensamentos Pró-fundos

-Entre tantas dúvidas
uma pequena certeza
me faria bem.
-Vou para Saturno
me enamorar
na lua cheia.
-Dor no peito
é problema no coração.
Enfarto ou paixão.
-Me perdi em sonhos
e acordei pela metade.
-Costuro panos e palavras.
-Um pequeno momento liberto
é uma eternidade.
-A alma sofre
com a estupidez humana.
-Tranquei um segredo
a sete chaves
e perdi uma.

 

Poeta Convidado

Eduardo Piereck de Sá

Nau Desperta

Navegantes
desta nau desperta
toma para ti
o leme da verdade
e adentra os mares
revoltos, instáveis
desta flagrante
realidade.
Põe-te à parte
dos sabores
há muito
conhecidos.
Distrata o acordo
com este mar morto
e desata-te por àguas
fluidas
desprovidas de toda
falta de liberdade
em navegar.
Põe-te a atracar
em portos longínquos
afastados de tuas
vivências soterradas.

artigos anteriores de Tamas

Publicado em – Edição 117
Instante fugaz
Publicado em – Edição 115
Instante fugaz
Publicado em – Edição 114
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)

Deixe um comentário