Artigos
&
 
Colunas

Tamas

Instante fugaz

O passado tem dois S.
Olhando para eles
vejo imagens antigas onde
sibilo sons
saboreio o silêncio…
supero o sarampo
sigo sonhos
sonho subversão
suspeito da salvação
salvo a sanidade
sofro de sinusite
solto o sorriso
suplico sexo
separo sentimentos
sopro saxofone
sepulto um segredo
sinto saudades
sou sozinho.
O passado tem dois S.
O presente tem um.
O futuro nenhum.

Pensamentos pró fundos

-Paixão
é um terremoto
no coração.
-Dúvidas, tenho muitas
dívidas, também
dádivas, amém.
-Se ROMA é AMOR
ao contrário,
é possível amar
em Roma?
-Procuro uma palavra simples
que me faça feliz.
-Envoltos por uma placenta
de incertezas, estamos.
-Sempre ao lado
o imponderável.

Poeta convidado

George Kraus
(original em inglês – Tradução Juliana Santos)

O espectro de neve

Ele olha o espectro de neve no vento
Que cai dos altos pinheiros na luz do sol
Os pinhos brilham na luz da manhã

O gelo reflete o frio sol de Fevereiro
Que ascende ondas silenciosas
De neve de um vento escuro deixado para traz

Ele conclui que caminha sozinho
Embora ouça o soar do carrilhão na varanda
Que anuncia o que pode e não pode ser visto

 

artigos anteriores de Tamas

Publicado em – Edição 117
Instante fugaz
Publicado em – Edição 115
Instante fugaz
Publicado em – Edição 114
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)

Deixe um comentário